Bancários aprovam multas para agências que negarem atendimento presencial em Londrina

Representantes do Sindicato dos Bancários de Londrina reuniram-se na manhã da última quinta-feira (6) com o vereador Guilherme Belinati (PP) para deliberar a respeito da proposta apresentada pelo próprio pepista que estabelece multas para agências bancárias que negarem atendimento presencial a clientes sob a justificativa da existência de sistemas eletrônicos, que assim poderia substituir o contato pessoal. Apesar de ter até o final de abril para emitir alguma posição, o sindicato se antecedeu a concordou com o trâmite.

Atualmente parado na Comissão de Desenvolvimento Econômico, o projeto aguarda manifestação do coordenador do Procon em Londrina, Gustavo Richa. Em nota enviada pela assessoria de imprensa, a presidente do Sindicato dos Bancários, Regiane Portieri, ressaltou que o órgão “sempre defendeu o atendimento presencial, pois é feito por profissionais da área e com mais segurança. É inaceitável que se impeça o acesso de clientes e usuários às agências com este argumento, empurrando-os para lotéricas ou internet”.

Além disso, o sindicato afirmou que a proposta ajuda a combater “as demissões da categoria, que já vem caindo ano a ano”. A Federação Brasileira dos Bancos também vai se manifestar sobre o assunto. Inicialmente, há a aplicação de advertência, multa de R$ 5 mil e cassação do alvará de funcionamento para os estabelecimentos que descumprirem a determinação. As denúncias serão recebidos pelo Procon. Segundo o vereador, “a desobediência do atendimento presencial é um franco desrespeito ao direito do consumidor”.

Rafael Machado – Redação Bonde

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *