Delatores relatam pagamentos a Beto Richa, governador do Paraná

Delatores da Odebrecht relatam pagamento de “vantagens indevidas” a Richa, “a pretexto de campanhas eleitorais”.

Por ser governador, o tucano tem prerrogativa de foro no STJ, não no STF.

As citações e os documentos referentes ao caso foram remetidos pelo ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo, conforme despacho do último dia 4.

Os documentos foram tornados públicos pelo Supremo na noite desta terça-feira (11).

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *