Quinta-feira começa com temperatura de -8°C e sensação térmica de -17°C na serra de Santa Catarina

A massa de ar polar que atua no Sul do país derrubou as temperaturas mínimas. O dia começou com -8,1°C em Urupema, de acordo com informações do CIRAM (Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina), esse é o menor valor do ano. Mas por causa do vento, a sensação térmica é de -17°C. 

Após dias com temperaturas amenas em pleno inverno, o frio voltou a se intensificar nesta quarta-feira (13), em Curitiba, depois da chuva que caiu na cidade entre a noite de terça (12) e esta manhã. A temperatura máxima desta quarta-feira foi registrada durante a madrugada, de acordo com o Instituto Tecnológico Simepar. Às 3h, os termômetros da capital paranaense marcaram 16,5ºC. A tendência é que a temperatura continue caindo. Por volta das 15h30, a temperatura era de 11,6ºC.

No Rio Grande do Sul, sete cidades tiveram temperaturas negativas e outros municípios registraram termômetros abaixo dos 3°C, o que por causa do tempo seco, indica formação de geada. A menor mínima do Estado gaúcho hoje foi de -3,7°C em Vacaria. 

No Paraná, a menor temperatura da manhã desta quinta-feira foi observada em São Mateus do Sul, com -0,6°C de acordo com o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia). 

A tarde de hoje ainda será muito gelada na região, a máxima não passa dos 15°C no leste e dos 20°C no oeste dos três Estados. Além disso, na sexta-feira de novo faz frio e as mínimas, apesar de mais altas do que hoje, ainda ficarão negativas no Sul do país. 

No sábado os termômetros começam a subir e boa parte da próxima semana no Sul será de calor. “Somente por volta de 24 de agosto, uma nova frente fria provocará declínio da temperatura. Os últimos dias de agosto prometem ser de frio intenso novamente”, explica o meteorologista da Somar, Celso Oliveira. 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *