Rolândia terá OKTOBERFEST em 2014

Como se não bastasse a goleada histórica sobre o Brasil  em pleno Mineirão, a comunidade alemã de Rolândia ganhou mais um motivo para comemorar. A Oktoberfest, festa tradicional que deixou de ser realizada em 2013 após 25 edições, está confirmada para este ano. 

Segundo a secretária de Cultura do município, Margarida Hellbrugge, a prefeitura prepara um decreto para tornar a festa um patrimônio imaterial, evitando o risco de não ser realizada. Além disso, o decreto facilita a criação de uma fundação para administrar a Oktoberfest, uma vez que a prefeitura não pode obter lucro na realização de eventos. O formato também permitiria a captação de recursos por meio da Lei Rouanet. Estratégia semelhante foi adotada em Blumenau (SC), que recebe mais de 500 mil visitantes. 

Os últimos detalhes ainda estão sendo discutidos, mas a festa deve ficar para o final do mês de outubro. “Voltaremos a ter a festa completa, com escolha de rainha, desfile, toda a parte de gastronomia incluindo café colonial, chopp em metro e serra lenha. A ideia principal é voltar às origens. A festa cresceu demais diante de muitos interesses e perdeu um pouco da tradição”, avalia Hellbrugge.

Um dos entraves para a não realização da festa no ano passado foi a condição estrutural do complexo esportivo Emílio Gomes. O Corpo de Bombeiros não liberou o local por não atender exigências de segurança contra incêndio e aglomeração de pessoas.

De acordo com a secretária, as questões foram resolvidas, incluindo a promessa de reparos em instalações como hidrantes. A intenção do município após a criação da fundação é buscar recursos para prover melhorias permanentes no local. “Todas as benfeitorias que forem feitas ficarão lá para sempre, por pertencerem ao patrimônio”. 

A Oktoberfest de Rolândia foi realizada pela primeira vez em 1988, no salão de festas da Igreja Luterana. Com o crescimento e popularização do evento, o espaço da igreja ficou pequeno e a organização passou para o poder público, com apoio de entidades locais. Em meados dos anos 90, a festa seguiu crescendo e passou a ser realizada no estádio Erich Georg, recebendo visitantes de diversas partes do país em tendas improvisadas no gramado.

Quanto mais a festa crescia, mais a tradição era deixada de lado. A música alemã acabou substituída por shows sertanejos. Como consequência, a Oktoberfest foi perdendo público ano a ano, até deixar de ser realizada em 2013.

Fonte: Notícias de Rolândia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *